domingo, janeiro 20

Passagem às meias

Equipa não esqueceu o colega Baba neste momento difícil, desejando -lhe as rápidas melhoras. Esta vitória é dedicada a ele. Estamos à tua espera mano! 

No dia que se esperava de festa, quis o destino presenciar-nos com uma tarde de temporal, onde infelizmente afastou muita gente deste jogo, jogo esse que se esperava-se interessante, dado o valor das equipas. 
Com um inicio de estudo mútuo, cedo se percebeu que o Viana ia assumir as despesas do jogo, com o Lusitano a baixar as suas linhas, na esperança de retardar o golo e quem sabe, aproveitar uma bola perdida, uma bola parada para surpreender. Com esse tónico, a nossa equipa trabalhou para chegar ao golo, realizando um primeira parte de qualidade, onde só faltou o golo. Pelo menos duas boas ocasiões, numa delas, Levy de cabeça, vê o defesa visitante a tirar a bola em cima da linha de golo. Nesta fase, apenas um frisson junto da baliza de Manel, através de canto, onde a bola atravessa toda a área, com perigo, sem que ninguém lhe tocasse. 
A segunda parte foi diferente, muito por culpa da nossa equipa, que retardou a entrar no jogo, sem ideias, perdeu a sua identidade, e com isso, aproveitou o Lusitano para pegar mais no jogo, mas verdade seja dita, sem grandes ocasiões de golo. A melhor ocasião de golo surge quando Zé Manel cruza com peso e medida e Elizito falha um golo feito ao atirar para fora. Na resposta, quase o Lusitano marca, num lance onde Hélio ganhou a Dany e oferece o golo a Bruno Nascimento, mas este atira por cima. Quando cheirava a prolongamento, eis que surge Gonçalo que resolve o jogo num lance onde foi evidente toda a sua capacidade técnica, atirando e qualificando o Viana para as meias-finais da Taça. Pode-se dizer que, o tempo condicionou todo o trabalho das duas equipas, mas a nossa equipa consegui o objetivo e há que dar os parabéns aos jogadores que lutaram num dia muito difícil. Com a passagem às meias-finais, segue-se o Oriola, num jogo para muitos como uma final antecipada, mas onde só uma poderá carimbar a presença na final.
No próximo fim-de-semana, regressa o campeonato, com o início da segunda volta, com a receção ao Borbense. 

Sp. Viana; Manel, Márinho (Bitó), Roque, Dany, Teigão, Gonçalo (Coxola), Leonel Levy, Luís Rodrigues, Conchinha, Zé Manel (David Candeias), Elizito. 

Não Utilizados; Majó, Xixa, Diogo e Zé Pedro.

Resultados:
Sporting Viana 1 Lusitano Évora 0
Oriolenses 3 Arraiolense 0
Calipolense 0 São Romão 0 (5-6 grandes penalidades)
Estremoz 1 Perolivense 0 (Interrompido devido mau tempo)