quarta-feira, fevereiro 17

Análise à 14ª Jornada


Campeonato Distrital da Divisão de Honra
.
Classificação Actual:
Calipolense – Santiago Maior, em grande forma a equipa de Vila Viçosa pretende lutar por um bom lugar este ano. Os resultados tem sido positivos, quer em casa, quer fora de portas onde conseguiu já grandes vitórias, como por exemplo em Viana e Escoural. Depois do derby com o Borba, onde venceu, estabilizou na quarta posição e neste jogo tenta cimentar a posição que ocupa na tabela. O factor casa é importante, mas há que ter em conta este Santiago que este ano está disposto a afirmar-se na divisão. Dá-se bem em campos deste tipo, em Monte Trigo fez suar a equipa da casa, em Borba surpreendeu vencendo, sendo uma equipa talhada para o contra ataque. Na primeira volta, o Santiago foi mais forte vencendo por 4 a 3. Arbitragem de Nuno Croino.

Redondense – Borbense, ora o sonho da final da taça caiu aos pés do todo-poderoso Estrela, deixando as gentes de Redondo tristes, já que parecia que era este ano que marcaria presença na final da Taça. Esse jogo já lá vai e agora a equipa de Paulo Sousa concentra-se no campeonato, prova essa que está a correr de feição, ocupando o terceiro lugar. Recebe o Borba e com isso tenta regressar às vitórias. O Borbense vem de uma serie de maus resultados, tentando recuperar a confiança para o resto da prova e nada melhor que pontuar neste sempre difícil campo. Na primeira volta empate a duas bolas. Arbitragem de Paulo Larga.

Arcoense – Escouralense, jogo de aflitos em que o momento actual não é nada bom. Ora, a equipa da casa tem andado nos últimos lugares, até empatou no último jogo com o Portel, mas as contas continuam complicadas visto haver uma grande diferença para as outras equipas. Sete pontos podem ser recuperados, mas para isso era preciso uma boa serie de bons resultados. O factor casa pode ajudar, bem como também o facto de o Escoural tardar em encontrar o seu rumo. Com o terceiro treinador nesta época, Luís Balão, esta equipa procura também ela encontrar um rumo das vitórias, da estabilidade, já que possui uma excelente equipa. Novo treinador, nova filosofia, novos resultados? Na primeira volta vitória do Escoural por 3 a 1. Arbitragem de Luís Godinho.

Giesteria – Portel, um bom jogo entre duas equipas de espíritos diferentes. Por um lado a equipa da casa vem de uma derrota pesada em casa frente ao Viana, onde apenas tinha perdido com o Estrela e poderá ter deixado marcas. No entanto a aguerrida equipa de Canivete promete regressar aos bons resultados mas tem pela frente uma super motivada equipa de Portel, ainda na ressaca do apuramento para a final da Taça. Luís Valente está em grande e vai aproveitar esta onda para somar mais pontos e assim se aproximar do quarto lugar. Na primeira mão vitória do Portel por 2 a 1. Arbitragem de Bruno Piçarra.

Oriolenses – Sp. Viana, a equipa de Paulo Monteiro apostava tudo na taça, mas o sonho desfez-se ao ser eliminado pelo rival Portel. Agora de regresso ao campeonato, novo derby com o nosso Viana. Em casa o Oriola é forte onde apenas perdeu uma vez e empatou duas. O nosso Viana vem de duas vitórias consecutivas, resultados importantes depois de uma serie de maus resultados. Já recuperou na tabela, mas uma vitória neste jogo levava a equipa para uma classificação bem melhor. Será um jogo complicado, dado também a algumas ausências, mas a nossa equipa estará que se apresentar super motivada pelo nosso momento, pela motivação de ser um derby depois de na primeira volta ter vencido por 1 a 0, com o golo a ser apontado por Nuno Silva. Muito publico esperado em Oriola num jogo emotivo com arbitragem do experiente Álvaro Perico.

Monte Trigo – Bencatelense, ora a equipa da casa despachou na jornada passada o lanterna vermelha por 6 a 0, regressando assim às goleadas e mais importante, às vitórias. Para este jogo recebe a sempre incomoda equipa de Bencatel que consegue fazer o bom e o mau em qualquer jogo. Depois de um bom arranque, tem vindo a cair, mas terá que responder em campo para recuperar um pouco na tabela. A equipa de Nuno Gaspar é mais forte e tentará não desperdiçar mais pontos em casa. Na primeira volta venceu por 2 a 0. Arbitragem de Carlos Rodrigues.

Arraiolense – Est. Vendas Novas, ora finalmente e matando de invejam muitos clubes, incluindo o nosso Viana, o Arraiolense vai estrear o novo sintético, logo frente ao líder da prova. Por um lado ainda não treina lá, visto que a iluminação não está pronta, no entanto fará aí os seus jogos e com isso a motivação aumenta, sendo uma arma para recuperar na tabela, onde diga-se a verdade, é muito complicado. No entanto a esperança é a ultima a morrer e Filipe Fialho não deitará a toalha ao chão. Para este jogo o adversário é complicado, já que a diferença entre as duas equipas é enorme. Motivada ainda mais pelo apuramento para a taça, o Estrela não se apresentará em Arraiolos para entrar na festa, mas sim, chegar, ver e vencer. Na primeira volta venceu por 3 a 1 no Municipal de Vendas Novas. Arbitragem de Fernando Oliveira.