domingo, novembro 25

Só um grupo forte o consegue!



Muitos títulos podiam surgir para adjetivar o que se passou esta tarde no Faria e Melo, na receção ao Arraiolense, onde a nossa equipa venceu por 3 a 2, num jogo emotivo, cheio de interesses, dando por bem entregue os muitos espetadores que se deslocaram ao nosso campo.

Depois da primeira derrota no campeonato, era com alguma expetativa que se esperava este jogo, mas cedo se percebeu que os nossos jogadores queriam apagar a ma imagem na jornada anterior e assumir o jogo com grande responsabilidade. Entrada forte da nossa equipa, demonstrada logo no primeiro minuto, quando Baba surge na área, atirando por cima. Era o aviso, visto que o Viana não estava para facilitar. Com muita circulação de bola, muita intensidade no seu jogo, os comandados de Canelas faziam pela vida, encostando as cordas uma equipa visitante que se preocupava em fechar bem a sua baliza, na procura de utilizar o contra ataque como arma. Esta intensidade, dava para criar algumas situações de golos, Levy atira para boa defesa de Flávio, Gonçalo de ângulo apertado também tentou, mas Flávio defendeu novamente, quando já perto do intervalo, na segunda vez que a equipa do Arraiolense remata a baliza, Rui Roque atira forte fora da área, fazendo o primeiro golo, gelando o Faria e Melo, golo este na melhor altura.

Em desvantagem, com quarenta e cinco minutos para jogar, o Viana teve que apelar ainda mais a sua entrega ao jogo, mas com clarividência necessária para ultrapassar um Arraiolense organizado que utilizava todas as armas disponíveis, como o anti jogo para levar água ao seu moinho. Novamente a entrar determinado o Viana chega a igualdade num lance que parecia perdido, Baba acreditou e com um pouco de sorte diga-se, faz o empate. Acreditava-se que este golo ia dar alento a equipa, mas poucos minutos depois, num lance inofensivo, eis que Dico do meio da rua, faz um golos daqueles que se diz, o golo da vida, com a bola a embater no poste e a entrar dentro da baliza de Manel que mais não podia fazer que se resignar com tremendo golo. Loucura para os visitantes, novo balde de água fria para o Viana, que poucos minutos antes tinha empatado a partida. Pior ficou, quando Bito num lance perdido, protesta de uma decisão do árbitro e vê o segundo amarelo. Tudo parecia perdido. Mas, justificando o título desde jogo, apareceu um grupo que soube acreditar e lutar contra tantas adversidades, e eis que Levy, um dos muitos inconformados desta tarde, empata novamente a partida, num bom remate dentro da área. Sentia-se que podia-se alcançar mais neste jogo, e quem acredita, quem luta, acaba por alcançar os seus objetivos. Voltou a aparecer Levy que demonstrando toda a sua qualidade, primeiro com um grande cabeceamento, vê Flávio a negar-lhe o golo com um monumental voo, mas Levy não desistiu, terceiro canto seguido da mesma jogada, eis que Levy leva a loucura todos os Vianenses com o golo da vitória, num novo cabeceamento, desta vez indefensável para Flávio. São estas vitórias que fazem valer a pena todo um esforço, visto que um grupo tem que estar preparado para tudo, com capacidade de resposta para alcançar os seus objetivos. Destaque para o regresso de Pedro Candeias que após operação, longa paragem, regressou aos relvados.

Agora, segue-se a deslocação a Portel onde se espera dificuldades, mas a nossa equipa vai procurar trazer mais três pontos.

Sp. Viana alinhou com; Manel, Setúbal, Zé Pedro, David Candeias, Dany, Gonçalo (Pedro Candeias), Leonel Levy, Teigão (Conchinha), Bito, Baba e Elizito (Diogo).

Não utilizados; Majo, Letras, Roque e Vítor Lopes.

Resultados da 7ª Jornada:
Borbense 1 - Calipolense 3
Bencatelense 0 - Portel 1
Santiago Maior 3 - Estremoz 8
Oriolenses 4 - Redondense 1
Sporting Viana 3 - Arraiolense 2
Cabrela 2 - Escouralense 0
Lavre 3 - Perolivense 1

Classificação:
1º- Cabrela - 18 pontos
2º- Sporting Viana - 16
3º- Oriolenses - 15
4º- Calipolense - 15
5º- Arraiolense - 13
6º- Redondense - 13
7º- Lavre - 11
8º- Perolivense - 9
9º- Estremoz - 9
10º- Portel - 7
11º- Borbense - 6
12º- Escouralense - 5
13º- Bencatelense - 1
14º- Santiago Maior - 0