segunda-feira, março 16

Seniores - Derrota pela margem mínima no Campo Estrela



No passado domingo a nossa equipa deslocou-se a Évora para disputar a 2ª jornada da Fase de Subida da Elite da AFE onde defrontou o Lusitano num jogo em que a vitória sorriu á equipa da casa com um score final de 2-1.  Com a equipa da casa a apostar no regresso ao Campo Estrela nesta fase a nossa equipa estava bem consciente das dificuldades que teria pela frente, pois para além de o adversário teria que “lutar” para se adaptar a um terreno impróprio para a prática de futebol a este nível e que olhando á qualidade dos  dois conjuntos mereciam bem melhor...Conhecidas que são as dificuldades do SP.Viana em campos similares e a jogar com equipas que constantemente apostam no jogo directo esta jogo não fugiu á regra de partidas anteriores com as mesmas características e foi quase a papel químico da ultima deslocação a Évora quando defrontamos o Juventude onde acabamos por perder por igual resultado. Em relação á partida até entramos melhor, onde as primeiras oportunidades de golo nos pertenceram, mas com o passar dos minutos fomos incapazes de criar antídotos para o jogo directo do Lusitano e respectiva disponibilidade física dos seus jovens jogadores. Como equipa que queria ganhar o jogo e não ficar na expectativa assumimos a posse de bola e jogamos com as linhas mais subidas, situação de jogo que o Lusitano sempre tentou explorar até que em mais uma bola despejada na frente conseguem lançar uma rápida transição e fruto de falta de marcação aparece um jogador da equipa da casa a rematar sem hipóteses para Tiago. Com o 1-0 sensivelmente a meio da primeira parte as coisas ficaram mais difíceis para a nossa equipa que tardava em se adaptar ao terreno e evitava ao máximo contrariar a via do jogo directo na frente.  Já bem perto do intervalo e quando pouco se previa o Lusitano é feliz e chega ao 2-0 fruto de cruzamento remate, golo que aparece numa altura chave da partida e que agravou ainda mais as dificuldades da nossa equipa. Na 2ª parte e sem nada a perder tentamos lutar com todas as forças por um resultado diferente e acabamos por ser premiados com o 2-1 por intermédio de Nhuka. Depois do golo a equipa parecia que tinha o empate ali bem perto mas a jovem equipa do Lusitano nunca deixou de lutar e disputava cada lance com muita impetuosidade conseguindo afastar o perigo da baliza de Rodrigo. Até final da partida destaque para um remate de Coxola a que o guardião do Lusitano se opôs superiormente e para uma oportunidade soberana de golo onde Cláudio já dentro da área não consegue rematar da melhor forma e fazer a igualdade. Á entrada para a compensação destaque pela negativa para a expulsão do nosso jogador Setúbal que acabou por ver o vermelho depois de um desentendimento com um jogador do Lusitano que nos escassos minutos que teve em campo conseguiu provocar e fazer várias entradas duras aos nossos jogadores sem que o árbitro tivesse qualquer tipo de intervenção... Para além da derrota e dos aspectos negativos que uma derrota acarreta há que retirar ilações deste jogo, pois sabemos que é complicado pedir aos jogadores para mudar o “chip” e alterar a sua forma de jogar olhando ao estado do terreno mas se queremos almejar a outro tipo de resultados e lutar pelo 1º lugar teremos que superar este tipo de adversidades e adaptar-nos, pois caso contrário todo o bom trabalho que esta época teem vindo a ser realizado poder ser infrutífero...

Jogaram: Tiago, Setúbal, Brunny, Conchinha, David, Mesquita, Carrasco, Djerman, Levy, Nhuka (1) e Kelvin.

Jogaram ainda: Luís Coxola, Márcio Alves e Cláudio.

Não utilizados: Zé Pedro, João Sousa, Peixe e Luís Rodrigues.