domingo, março 7

Mau jogo, tantas contrariedades, …..


Depois de uma série de bons resultados em que nos fez estabilizar um pouco na tabela classificativa, o Viana perdeu hoje no terreno do Arraiolos. Duas bolas a zero num jogo cheio de incidências, onde o resultado não espelha o que se passou, no entanto prémio justo para a aguerrida equipa de Arraiolos que fez o seu jogo, contou com factores do seu lado e quando assim é, diz-se que é meio caminho andado.
Sem jogadores importantes na estrutura da equipa, Canelas viu há ultima da hora a ausência de André, complicando ainda mais as opções para este jogo. Com o início de jogo, jogo a meio campo e perto dos 15 minutos, primeira contrariedade, Dino lesiona-se sendo substituído por Brálio. Nessa fase do jogo a equipa perdeu o controlo do jogo tendo alguma dificuldade em acertar no sistema da equipa adversária. Decorria meia hora, quando surge outra contrariedade, com Zé Pedro a lesionar-se também, sendo substituído por Cadeireiro. Após alguns minutos, a equipa da casa adianta-se no marcador, num lance transformado em penalty por Luís Godinho, numa disputa de bola ombro a ombro em que o adversário aproveitou bem e atirou-se para o chão. Nesse lance o árbitro expulsa Luís Ferro, autor da suposta falta. Nuno aproveitou para marcar, tornando as coisas complicadas para a nossa equipa a partir daí. Cedo percebeu-se que as coisas estavam destinadas e mais ficaram quando num lance dentro da área Samora é “ensanduichado” por dois defesas, que o arbitro mandou jogar.
Na segunda parte, a nossa equipa conseguiu reagir bem, mesmo com um elemento a menos e dominou toda a segunda parte. Muita atitude, muita garra, mas faltou um pouco mais de esclarecimento na finalização. Nessa segunda parte, Luís Godinho tornou a aparecer, mais uma vez prejudicando a nossa equipa, bola metida nas costas, o guarda redes Beto não corta a bola fora de área, esta sobra-lhe paras as suas costas, joga a bola com a mão, prontamente assinalado pelo auxiliar respectiva falta, mas depois mostra “apenas” o amarelo ao guarda redes da casa, quando o único cartão seria o vermelho. Nesse lance, Brálio ficava isolado, apesar de ter dois defesas perto de si, o certo é que Brálio ficava com a baliza deserta e estava no lado aposto dos seus adversário, estando Beto entre eles, logo era impossível os defesas da casa ganharem aquela bola. Foi mais um dedo habilidoso deste árbitro que hoje penalizou em muito a nossa equipa, tendo claramente influencia no resultado final. Seguiu-se várias oportunidades para fazermos o golo, mas não houve calma suficiente para finalizar com sucesso. Foi um sufoco feito pela nossa equipa nos minutos finais, mas quando faltava dez minutos, num lance de contra ataque, Salgado a tentar aliviar uma bola, lesiona-se sozinho, o jogo esteve muito tempo parado e nesse período, a equipa da casa descansou, acertou, sendo essa pausa também ela prejudicial para nós. Já em descontos e quando no desespero o Viana procurava o golo, o Arraiolense marca o segundo em contra ataque por Márcio.
Enfim, hoje não era dia, as coisas não saíram, foi penalizada a nossa equipa, não conseguiu jogar o que tinha feito nos últimos jogos e quando assim é, é complicado vencer. A arbitragem chefiada por Luís Godinho foi irregular principalmente nesses dois lances. Segue-se o Bencatel no próximo domingo, num jogo em que esperamos encontrar o rumo das vitórias e o sabor da imparcialidade.

Sp. Viana; Salgado, Zé Pedro (Cadeireiro), Ferro, Mero, Pedro Candeias, Teigão, Ventinhas, David Candeias, Dino (Brálio), Samora e Pinelas.

Arraiolense; Beto, Pistola, Rui Antas, Beto Pereira, Ricardo, Arraiolos (Zé Rosmaninho), Beu (Dany), Nélio, Paulo Pombinho (Duarte), Nuno e Márcio.
.
Árbitros: Luís Godinho, auxiliado por Albertino Murteira e Norberto Nifro.

Resultados da 16ª Jornada:

Giesteira 2 - Borbense 1
Redondense 4 - Calipolense 1
Arcoense 1 - Santiago Maior 2
Bencatelense 1 – Est. Vendas Novas 3
Monte Trigo 5 - Portel 1
Oriolenses 1 - Escouralense 1
Arraiolense 2 - Sp. Viana 0

Classificação:

1º - Est. Vendas Novas - 48
2º - Monte Trigo - 37
3º - Redondense - 34
4º - Calipolense - 24
5º - Sp. Viana - 22
6º - Portel - 22
7º - Giesteira - 20 (-1J)
8º - Escouralense - 19 (-1J)
9º - Santiago Maior - 19
10º - Oriolenses - 18
11º - Borbense - 16
12º - Bencatelense - 15
13º - Arraiolense - 10
14º - Arcoense - 6