quarta-feira, maio 5

Análise à 24ª jornada



Campeonato Distrital da Divisão de Honra
.
.
Monte Trigo – Oriolenses, jogo interessante por alguma rivalidade existente entre estes dois clubes, olhando a equipa da casa para este jogo, como que de uma pequena vingança se tratasse pela derrota na primeira volta imposta pelo Oriola por um a zero. A luta pelo segundo lugar ainda se mantém e como tal, os pupilos de Nuno Gaspar não podem relaxar neste jogo, frente a uma equipa que está “ferida” pelos dez a um de Vendas Novas. Esta paragem pode ter sido boa conselheira, no entanto não será fácil para o Oriola pontuar em Monte Trigo. Arbitragem de Gonçalo Freira.

Arraiolense – Giesteira, duas equipas com o campeonato já decidido, encaram estes jogos sem nenhuma pressão, tornando-os mais abertos. A jogar em casa, no seu campo, o Arraiolense tem somado pontos, beneficiando da melhor adaptação do seu piso. Os visitantes estão motivados pelo excelente campeonato, querendo ainda melhorar na tabela para mais tarde recordar. Com “reforços” que regressaram à equipa, esta ficou mais coesa e consequentemente os resultados tem surgindo. Na primeira volta, vitória da Giesteira por dois a um. Arbitragem de Nelson Dias.

Bencatelense – Arcoense, jogo importante para os homens da casa que só a vitória interessa nesta fase, visto que ainda não se sabe se o Montemor desce ou não. Como tal, os três pontos são necessários e assim somar mais uns pontos na luta pela manutenção. Pela frente tem uma equipa já condenada à descida, mas que não irá disposta a entrar na festa, prometendo lutar pela conquista da vitória. Será um jogo emotivo como na primeira volta que os Arcos venceram por três a dois? Arbitragem de António Fernandes.

Sp. Viana – Redondense, o jogo do Estrela já lá vai, há que agora pensar no Redondo, outro adversário de grande qualidade. Por norma, frente às grandes equipas, o nosso Viana apresenta-se forte, confiante e ambicioso e isso é de realçar. Nem as ausências têm tirado ambição a este grupo que está disposto a vingar a derrota da primeira volta por dois a zero. O Redondo apresenta-se em Viana obrigado a vencer se ainda quer chegar ao segundo lugar, não podendo perder pontos como vez na sua última deslocação a Arraiolos. Com grandes jogadores no seu plantel vão tentar vencer-nos, mas espera-se que os nossos atletas estejam em dia sim para garantirmos os três pontos. Arbitragem de Carlos Rodrigues.

Portel – Calipolense, bem a equipa da casa tem vindo a descer de rendimento, estando concentrada na taça, como tal tem perdido jogos, como por exemplo em Santiago por três a zero. Tem sofrido muitos golos e isso tem marcado a carreira da equipa neste ano. Se ainda quer chegar ao sexto lugar terá que arregaçar as mangas e vencer jogos, caso contrario corre o risco de descer na tabela. O adversário desta semana não é nada fácil e como tal espera-se muitas dificuldades. Agora que o Escoural recuperou, o Calipolense tem que vencer se quer segurar o quarto lugar. Vem de uma goleada moralizadora com o Viana, sendo de esperar que surja em Portel muito confiante. Na primeira volta vitória do Portel em Vila Viçosa por três a dois. Arbitragem de Rui Romão.

Escouralense – Santiago Maior, jogo interessante visto que as duas equipas precisam de vencer. Por um lado a equipa da casa, vem de uma vitória frente à Giesteira em jogo atrasado, como tal colou-se ao Calipolense. Uma vitória podia dar-lhe a quarta posição (caso o Calipolense não vença) e será esse o grande objectivo desta época. Mas há que ter cuidado porque o Santiago, também ele precisa de pontos para fugir à despromoção e nada melhor que pontuar no 25 de Abril. Na primeira volta vitória do Escoural por dois a um. Arbitragem de Alberto Silva.
.
Borbense – Est. Vendas Novas, jogo importante para o Borba que também ele precisa de pontos para se manter na principal divisão. Não terá tarefa fácil é certo mas esta equipa costuma-se apresentar bem neste tipo de jogos. Vamos ver o que consegue frente a um Estrela que vai alertado do que aconteceu em Viana, não querendo correr grandes riscos, indo também já com o pensamento no jogo de Monte Trigo da próxima ornada. Na primeira volta três a zero para o Estrela. Arbitragem de Alvaro Perico.