domingo, novembro 18

Primeira derrota


Na deslocação às Perolivas, a nossa equipa sénior trouxe pela primeira vez o sabor amargo da derrota. Algumas ilações se podem tirar deste jogo, cabendo a esta equipa perceber o que falhou e olhar em frente para o que resta deste campeonato. Entrar em jogo completamente a dormir pode ter resultados e hoje voltou a acontecer. A diferença foi que nos outros jogos, conseguiu-se dar a volta e vencer, mas, hoje não.
Quanto ao jogo em si, entrada desconcertante nos minutos iniciais, primeiro foi David displicente a perder uma bola que quase dava penalty, não servindo de aviso, minuto 2, 43 segundos, os visitados adiantam-se no marcador num remate fora de área, onde todos estavam a dormir. Esse golo enervou a nossa equipa, discutindo em demasia, sem confiança, sem fio de jogo. Aproveitou bem os homens da casa que em rápidos contra-ataques, tentavam levar perigo à baliza de Manel. Só perto do fim da primeira parte, aconteceu um remate à baliza de Murteira, com Levy a atirar forte, guarda-redes a defender para a frente e David na recarga a atirar ao lado.
A segunda parte, alguns pontos revistos dentro do balneário, serviram para “recuperar” a equipa animicamente, mas verdade seja dita, faltou o “clic” de outros jogos, com a equipa a ressentir-se. Bitó teve nos pés a melhor oportunidade, mas na cara com o guarda-redes, atirou à figura. Também de longe se tentava, dado a aglomerado de jogadores junto da área, mas a eficácia não aconteceu.
Uma derrota que servirá decerto para perceber o que falhou, como melhorar e esperar que este mesmo grupo de atletas que já deram alegrias aos nossos adeptos, irão responder da melhor forma, já no próximo jogo frente ao Arraiolense, também ele a realizar uma boa temporada.
Por fim, a arbitragem. Dada a ausência de árbitros, reinou o bom senso entre as equipas, encontrando-se uma solução. Bruno, mais conhecido por Pirika liderou o jogo, com vontade e frontalidade, fazendo inveja a muitos federados que por ai andam. Não foi por ele que o Viana perdeu, como tal, deixar aqui os parabéns ao trio de arbitragem. Será altura para que os responsáveis da Associação revejam as suas posições, porque a arbitragem faz falta, e que haja dialogo para resolver esta questão.

Sp. Viana alinhou com; Manel, Márinho (Zé Pedro), Roque (Diogo), Dany, David Candeias, Teigão (Farinha), Conhinha, Gonçalo, Leonel Levy, Bitó e Elizito.

Não utilizados; Majó, Vitor Lopes, Letras e Pedro Candeias.

Resultados da 6ª Jornada:
Redondense 5 - Borbense 3
Calipolense 2 - Santiago Maior 1
Arraiolense 1 - Bencatelense 0
Estremoz 2 - Escouralense 1
Portel 0 - Oriolenses 0
Perolivense 1 - Sporting Viana 0
Lavre 0 -  Cabrela 5 

Classificação:

1º- Cabrela - 15 pontos 
2º- Sporting Viana - 13 
3º- Arraiolense - 13 
4º- Redondense - 13
5º- Oriolenses - 12
6º- Calipolense - 12
7º- Perolivense - 9
8º- Lavre - 8
9º-  Estremoz - 6 
10º- Borbense - 6
11º- Escouralense - 5
12º- Portel - 4
13º- Bencatelense - 1
14º- Santiago Maior - 0