quarta-feira, maio 12

Analise à 25ª Jornada

Campeonato Distrital da Divisão de Honra
.
Classificação Actual:Monte Trigo – Est. Vendas Novas, jogo aguardado com alguma expectativa, visto defrontar-se primeiro contra segundo. Se quanto ao primeiro lugar, tudo está resolvido, a luta pela segunda posição está ao rubro e como tal, a equipa da casa se perder, pode vir a perder tal posição para o Redondense. Esse será o interesse para este jogo, juntamente com a curiosidade do Estrela em terminar a época só com vitórias, visto que esta será sem duvidas a deslocação mais complicada dos homens de Carlos Vitorino. Na primeira volta, o Estrela goleou por cinco a um, demonstrando todo o seu poderio. Repetir-se-á? Será renhido. Arbitragem de António Fernandes.

Oriolenses – Arraiolense, estas duas equipas teem realizado uma prova abaixo do esperado, principalmente o Oriola que este ano não tem conseguido grandes resultados, estando muito em baixo na tabela. Espera-se que este jogo lhe traga a vitória, vitória essa que seria importante para salvaguardar alguns dissabores que possam acontecer. Depois de duas goleadas frente aos primeiros classificados, recebe o já despromovido Arraiolense, jogando claramente para vencer. Terá mesmo que ser. Quanto aos visitantes jogarão mais um jogo sem pressões, visto há muito terem o seu destino traçado, prometendo lutar pela vitoria. Na primeira voltas empate a uma bola. Arbitragem de Luis Godinho.

Giesteira – Bencatelense, a equipa da casa procura mais uma vitória para assim somar mais pontos e segurar a sexta posição, premiando um excelente campeonato. Depois da vitoria em Arraiolos, Canivete está em alta e quererá aproveitar esta onda dos seus jogardes frente a um adversário que se encontra com alguma pressão, podendo correr o risco de descer. Como tal, este jogo é importante e nada melhor que pontuar, caso contrario levara a decisão para o ultimo jogo, frente ao Oriola. Na primeira volta, registou-se empate a uma bola. Arbitragem de Nuno Croino.

Arcoense – Sp. Viana, a nossa equipa vem de dois jogos negativos, onde sofreu 9 golos. Isto é a verdade. As lesões da frente de ataque já eram conhecidas, agora juntamente com algumas peças da defesa, tem complicado os resultados. Novamente entramos mal no jogo e isso paga-se caro. Terá a equipa de encontrar o rumo certo para estes dois jogos se quer manter-se na posição onde ocupa, como tal toda a raça é precisa para que possamos terminar a meio da tabela. Jogaremos frente a um adversário já destinado a descer, no entanto, no domingo passado foi surpreender o Bencatelense, esperando agora voltar a vencer e assim tentar sair da última posição. Espera-se que a nossa equipa esteja mais concentrada para trazer os três pontos. Na primeira volta, dois a um para a nossa equipa. Arbitragem de Maria Oliveira.

Redondense – Portel, jogo interessante frente a frente entre duas boas equipas, mas que a sua produtividade está muito longe uma da outra. Por um lado, a equipa da casa tem provado o porquê do lugar que ocupa e este jogo tem como “chamariz” o facto de poder alcançar a segunda posição, dependendo do jogo de Monte Trigo. Quanto ao Portel, tem vindo a cair e tarda em levantar-se, estando talvez a recarregar baterias para a final da taça. No campeonato está longe do esperado. Vamos ver que Portel surge no Redondo. Na primeira volta empate a uma bola. Arbitragem de Gonçalo Grasina.

Calipolense – Escouralense, a guerra pela quarta posição joga-se no João Figueiredo. Separados por um ponto, estas duas equipas prometem um bom jogo, embora haja aqui alguma vantagem para os homens da casa, pelo piso e pela velocidade que empregam no jogo. O Escoural mais experiente, vai tentar acalmar o jogo e aproveitar algum espaço para em contra ataque marcar. Sem duvida um bom jogo, onde se joga a quarta posição. Na primeira volta, o Calipolense surpreendeu vencendo por dois a zero. Arbitragem de Pedro Ramalho.

Santiago Maior – Borbense, eis talvez o jogo da jornada pelo interesse que desperta, das consequências que este resultado pode trazer. Ora, a vitoria só interessa aos dois conjuntos, pois em caso de vitória garantem a manutenção, principalmente o Santiago. Não será nada fácil este jogo onde as emoções serão muitas e quem perder ficará em maus lençóis, dependendo de outros neste caso Bencatel ou Oriola, ou memos o seu adversário de sábado. Várias hipóteses há, se não querem correr riscos de descidas, só a vitória interessa. Na primeira volta dois a zero para o Santiago. Não avançamos resultados muito menos prognósticos. Arbitragem de Paulo Avó.